Como tratar o óleo usado
para ter uma vela perfeita

A reciclagem de óleos vegetais é fácil e rápida

Saiba como tratar, de forma rápida e económica, os óleos de cozinha usados ou os de cosmética fora de prazo:

1

Depois de utilizar o óleo de cozinha elimine logo as respectivas impurezas (água e restos de comida), usando preferencialmente filtros de café ou então um coador de rede fina. Armazene o líquido num frasco devidamente vedado para o efeito.

2

Se o óleo for obtido de conservas (de atum, por exemplo), antes de filtrar, deixe-o repousar 24 horas para que a água se separe do óleo, formando duas camadas (aquosa por baixo e oleosa por cima). Só depois deve filtrar e armazenar o óleo num recipiente que esteja hermeticamente fechado.

3

Caso não tenha atenção a estes procedimentos, a queima e o aroma da vela podem ficar comprometidos, havendo ainda a possibilidade de se desenvolverem fungos que vão acelerar a decomposição da cera.

Óleos vegetais usados para fazer velas

Para fazer velas decorativas ambientalmente sustentáveis em casa, pode usar os seguintes óleos/azeites,
virgens ou usados, de cozinha ou de cosmética:

  • azeite
  • óleo de noz
  • óleo de uva
  • óleo de soja
  • óleo de coco
  • óleo de milho
  • óleo de arroz
  • óleo de rícino
  • óleo de avelã
  • óleo de goiaba
  • óleo de linhaça
  • óleo de papoila
  • óleo de girassol
  • óleo de sésamo
  • óleo de algodão
  • óleo de abacate
  • óleo de amendoim
  • óleo de canola (colza)
  • óleo de amêndoas doces
  • óleo de conservas
    (atum, bacalhau, lulas…)

* Se, mesmo assim, tiver alguma dúvida sobre como tratar os seus óleos usados, consulte as nossas FAQ ou contacte-nos directamente por email ou por telefone.